< id="top" class="post-template-default single single-post postid-7225 single-format-standard">

São Félix do Araguaia/MT - Hoje é 16 de Outubro de 2019

"Escrevendo uma nova história" ADM 2017-2020
Ultimas Noticias

Secretaria Municipal de Saúde realiza ações ao “Setembro Amarelo” – Prevenção ao Suicídio

A Prefeitura de São Félix do Araguaia – MT, através da Secretaria Municipal de Saúde, CAPS (Centro de Atenção Psicossocial) e parceiros, realizaram nesta segunda-feira (23), no auditório da Câmara Municipal de Vereadores, ações públicas voltadas à prevenção do suicídio e à depressão.

O objetivo foi debater o assunto com alunos e professores com o intuito de conscientizá-los para uma atenção mais delicada a comportamentos ou ideações suicidas, informando riscos e sinais de alerta, visando à diminuição da mortalidade por suicídio.

Uma das palestras da campanha Setembro Amarelo foi ministrada pelo Psicólogo Luiz Antônio Vieira, onde alertou sobre o perigo da doença e destacou a realidade do suicídio, no Brasil e no mundo. Luiz Antônio destacou a importância de se debater a campanha junto ao público. “É um tabu que precisa ser discutido, pois o suicídio existe, e é um problema de saúde pública. Portanto é algo que precisa ser falado, porque é falando que a gente consegue prevenir”, salienta o profissional.

A Secretária municipal de saúde Rosane Farias ressaltou da importância da Campanha Setembro Amarelo, pois a depressão é a doença do século.  “Setembro Amarelo é uma campanha que acontece em todo o país e visa à conscientização sobre a importância da prevenção do suicídio, promovendo eventos que abram espaço para debates sobre suicídio, além de divulgar o tema e alertar a população sobre a importância de sua discussão. O evento também contou com rodas de conversa, atividades lúdicas voltadas às crianças e adolescentes do serviço”, frisa a secretária.

O “Setembro Amarelo” é o mês de prevenção do Suicídio que, segundo estatísticas, a cada 40 segundos um suicídio é cometido. Em torno de 32 brasileiros morrem vítimas de suicídio e desse total, 90% poderiam ser evitados. Uma das funções do CAPS é articular a rede municipal de saúde em torno da questão da saúde mental no sentido de qualificar e facilitar o acesso ao tratamento mais adequado, priorizando os casos de risco ou tentativa de suicídio.

O começo

O “Setembro Amarelo” surgiu vinculado ao dia 10 do mesmo mês no qual se comemora o Dia Mundial de Prevenção do Suicídio. Desde o ano de 2015, a campanha tem como foco conscientizar as pessoas sobre a prevenção do suicídio, alertando a população brasileira e mundial a respeito de um tema tão presente na sociedade atual e que, infelizmente, vem ceifando cada vez mais vidas.

Hoje, o número de pessoas que comete suicídio é maior do que aquelas que morrem por AIDS. Por isso, segundo a Organização Mundial da Saúde, 9 em cada 10 casos poderiam ser prevenidos. Então, é cada vez mais necessário ajudar pessoas que passam por processos que possam desencadear em suicídio.

Mas como buscar ajuda se às vezes a pessoa não sabe que ela pode ser ajudada? E como nós, como amigos ou familiares podemos oferecer ajuda se também não sabemos identificar os sinais e muito menos temos familiaridade com a abordagem mais adequada?

Prevenir é mais importante

 É pensando nisso que ações de incentivo a vida, palestras preventivas e outros métodos são tão importantes para alertar as pessoas sobre o perigo de se desenvolver uma motivação suicida.

Ao dar importância ao “Setembro Amarelo”, buscando informações sobre como funciona todo o processo, você talvez poderá ajudar uma pessoa próxima que esteja passando pelo problema ou até mesmo identificar se está vivenciando dentro de si mesmo algo parecido.

O Evento contou com a participação da Prefeita Janailza Taveira Leite, Vereadores, Secretários Municipais, alunos, professores e diretor da Escola Estadual Hilda Rocha, médicos enfermeiros e técnicos de enfermagem.