< id="top" class="post-template-default single single-post postid-4650 single-format-standard">

São Félix do Araguaia/MT - Hoje é 16 de Novembro de 2018

"Escrevendo uma nova história" ADM 2017-2020
Ultimas Noticias

São Félix do Araguaia sedia encontro Regional de Aleitamento Materno

O Escritório Regional de Saúde de São Félix do Araguaia (ERS), que compõe cinco municípios, Luciara, Novo Santo Antônio, Serra Nova Dourada, Alto Boa Vista e São Félix do Araguaia promoveu juntamente com a Secretaria Estadual de Saúde (SES), com apoio total da Prefeitura de São Félix do Araguaia através da Secretaria Municipal de Saúde o Primeiro Encontro Regional de Aleitamento Materno e Alimentação Complementar Saudável, nesta quinta-feira (30), esse importante evento foi  ofertado  a gestantes e mães com crianças de até 5 anos, foi um grande evento com várias palestras com foco na conscientização da importância do aleitamento materno e dinâmicas para as participantes o espaço no Rotary Club, contou com um fraldário para as mamães trocarem seus bebês, parquinho para deixarem suas crianças brincando bem a vontade  e com o Cantinho da Leitura organizado pela Secretaria Municipal de Educação e Cultura com livros de historias, literatura infantil, desenho livre e modelagem com macinhas.

O evento iniciou às 08h00 da manhã, na sede do Rotary Club, onde foi servido um delicioso café da manhã oferecido pela Secretaria Municipal de desenvolvimento e Assistência Social.

Após o café, foi realizada a composição da mesa do Encontro que contou com a presença do Nutricionista Rodrigo César de Oliveira Carvalho da Equipe de Promoção do Aleitamento Materno e Alimentação Complementar Saudável – EPAMACS Coordenadoria de Promoção e Humanização da Saúde, Superintendência de Atenção a Saúde SES/MT, Diretora do ERS/SFA  Crisley Suzane Rodrigues Araujo, Secretário Municipal de Saúde Elói Calixto Megiani Maia, Vereador Dilson Bezerra representando o Legislativo Municipal, Secretário de Saúde  de Luciara Everson Rodrigues Claro, Novo Santo Antônio Diolaine Costa Alves, Alto Boa Vista Débora Kátia dos Santos Silva, Representante do DSEI Araguaia Maria Glória Batista Gumessum, Chefe do DIASI, Secretária de Educação Dinalva Ribeiro da Silva, Secretária de Desenvolvimento e Assistência Social Rosinéia dos Santos Milhomem Lima e da servidora Maria de Fátima da Silva que representou a Prefeita Janailza Taveira Leite que não pode está presente no encontro devido está  na Capital do Estado resolvendo questões inerentes ao município de São Félix do Araguaia.

Em sua fala o Secretário Municipal de Saúde Elói Calixto, agradeceu a presença do Rodrigo Cesar de Oliveira representante da SES/MT, da Crisley Araújo diretora da ERS/SFA pelo apoio e parceria no evento, agradeceu a presença de todos os Secretários de Saúde dos municípios participantes, profissionais da saúde e todas as participantes e lembrou que a Prefeita Janailza Taveira Leite não pode está participando porque em sua agenda nesse mesmo dia tem um encontro em Cuiabá com o Secretário Estadual de Saúde e com o Governador Pedro Taques para resolver questões do município.

O Secretário esclareceu ainda que o evento é sobre Aleitamento Materno e Alimentação Complementar Saudável, só que como São Félix do Araguaia é o município sede a Secretaria de Saúde agregou também a Semana do Bebê, devido a Lei Municipal que inclui ela e o Agosto Dourado, por isso a secretaria fez um grupo especial de eventos todos em prol da gestante, da mãe que tem bebê no colo e da mãe que tem filhos com até cinco anos, por fim fez um agradecimento especial a sua equipe da Secretaria de Saúde e reforçou as boas vindas a todos nesse momento importante para o município.

No decorrer do dia houve várias palestras, a primeira com Rodrigo Carvalho SES/MT, que falou sobre Ações estratégicas do Aleitamento Materno (AM), da Alimentação Complementar Saudável e a intersetorialidade, avanços e desafios para a qualificação da rede de promoção, proteção e apoio ao AM e ACS.

Em seguida teve uma dinâmica com a Fisioterapeuta Aracina Salustiano para distrair as participantes. Logo após a Dra Elieth Pereira dos Santos da SMS/SFA falou sobre Amamentação no pré-natal, a Odontologa Dra Ana Amélia Veronezzi explanou sobre Amamentação e Desenvolvimento das funções orofaciais.

As 13h30 houve pausa para o almoço, na volta dinâmica em seguida apresentação dos municípios da Região Norte Araguaia Karajá, houve ainda informes úteis e encaminhamentos o Primeiro Encontro Regional de Aleitamento Materno contou com a participação efetiva das gestantes de São Félix e também das gestantes Inys e para fechar o evento com chave de ouro e muita descontração teve sorteios de vários brindes.

Sobre o Agosto Dourado

Agosto é considerado o mês de conscientização sobre o aleitamento materno e a Organização Mundial da Saúde e o Ministério da Saúde instituíram a semana de 1 a 7 de agosto como a Semana Mundial da Amamentação. O objetivo é incentivar o aleitamento materno e a criação de bancos de leite para melhorar a qualidade de vida de crianças.

Em todo o mundo, apenas 38% das crianças são amamentadas. No Brasil, 41%, Conforme a Organização Mundial da Saúde, a meta global a ser atingida até 2025 é de que pelo menos 50% dos bebês recebam o aleitamento materno até o sexto mês de vida. Um dos avanços, desde o ano passado, para alcançar esta meta, foi a lei sancionada pelo Congresso Nacional, que institui o mês de agosto como o “Mês do Aleitamento Materno”, que passa a ser chamado de “Agosto Dourado”.

A Secretaria de Estado de Saúde (SES) preparou uma agenda ampla para comemorar o “Agosto Dourado”, mês dedicado à promoção do Aleitamento Materno e da Alimentação Complementar Saudável.

 “O objetivo de envolver os municípios nesse projeto estadual é sensibilizar as mulheres e famílias para a importância da amamentação com leite humano desde o primeiro dia de vida do bebê até os seis meses de forma exclusiva e até os dois anos de idade de forma complementar”, explicou o coordenador do projeto, o nutricionista Rodrigo Carvalho, técnico da equipe.

O evento deverá ainda conscientizar sobre a necessidade de criação de bancos de leite humano municipal para auxiliar mães e bebês com dificuldade de aleitamento materno, com a doação de leite humano.